Quer um bilhete grátis? | Como ser um Fisioterapeuta Empreendedor por Hugo Belchior

Olá,

Patrícia Froes, a referência internacional mais destacada a nível da Fisioterapia Dermatofuncional estará novamente em Portugal nos próximos dias e, se quiser aprender com alguém que tem espalhado este ramo da fisioterapia por meio mundo, sugiro que o faça já.

Conheço a Patrícia Froes há vários anos e, na semana passada, no Brasil, pude uma vez mais constatar a força do seu networking e, mais importante ainda, a sua amabilidade. Sabendo-me em Fortaleza durante uns dias, falou com um casal amigo de lá, para que me levassem a jantar.

Tive a assim a oportunidade de conhecer a Fisioterapeuta Tatiane Hipólito e o seu marido e, a meio do jantar – uma refeição verdadeiramente magnífica – a Tatiane, também ela empresária na área da formação, simpaticamente ofereceu a possibilidade de alguns clientes da Bwizer poderem participar num Congresso no Brasil, gratuitamente.

Foi um gesto bem amável e que agora partilho consigo: se quiser ir ao Brasil em outubro, e ficar a saber o que de mais importante se passa a nível da Estética (este mercado, no Brasil, é incrível e os fisioterapeutas têm um papel importante), poderá agora contactar-me, dizendo que tem interesse no bilhete. Partilharei com a Tatiane os primeiros três interessados, por ordem de chegada da manifestação de interesse.

Este episódio demostrou-me, uma vez mais, que o mundo é muito pequeno porque, com um telefone, conhecemos gente em qualquer lugar. Fico também muito feliz por, outras vezes, ser eu a proporcionar esse tipo de contactos.

Uma das ligações mais interessantes que tenho a satisfação de ter criado foi, justamente, entre a Patrícia Froes e o Tomás Pérez. Uma brasileira e um espanhol que se conhecem por intermédio de um português. São das pessoas que conheço com maior profissionalismo, dedicação à profissão e pensamento crítico.

Tomás Pérez vai estar novamente connosco para trazer um curso que reflete aquilo que ele faz no dia a da: tratar de problemas de ATM. Há pessoas que dão cursos sem terem vivência clínica; esse não é, de todo, o perfil do Tomás e isso é um dos grandes diferenciais do seu curso.

Por falar em formadores com enorme – enorme – vivência clínica e que trazem toda essa experiência para a sua formação, e se quer saber mais sobre Terapia Manual, então vai quer aprender mais com este incrível formador. Descubra aqui de quem falo.

Para me despedir, uma novidade: vamos levar ao estrangeiro um curso dos formadores que aparecem na capa do último número da Bwizer MagazineSabe de quem falamos?

 

 

🔴 Este texto é uma das partilhas de Hugo Belchior - mais info em fisioterapeutaempreendedor.pt

Partilhe esta notícia