Um modelo ainda inovador mas que se vai repetir | Como ser um Fisioterapeuta Empreendedor por Hugo Belchior

Olá,

Tenho dito várias vezes que acho que a seguir à fase de “proliferação” de unidades privadas de fisioterapia – fase cujo fim acho que estamos a começar a viver – seguir-se-á a fase de “consolidação”, fase que se caracterizará por um aumento da dimensão média das unidades, com a redução do número de unidades.

Isto verificar-se-á por fusões e aquisições. Unidades maiores vão absorver unidades mais pequenas.

Note que este fenómeno não tem que significar guerra, em que uns perdem e outros ganham. Tudo depende de como as coisas se fizerem.

João Basílio Macedo e o Sérgio Frade, concorrentes que deram as mãos e fundiram os seus negócios, são um bom exemplo daquilo que acho que se vai ver mais e mais.

Ver esta entrevista pode abrir-lhe os horizontes para o modelo de negócio que deve seguir, seja alguém que já tem um negócio ou seja alguém que pretende lançar-se como empreendedor.

É um modelo com mais dificuldade de gestão porque pode trazer mais conflitos, mas é um modelo que pode trazer muitos benefícios.


PS1. Aqui lhe deixo o link para ver esta bela conversa com dois fisioterapeutas muito especiais. 

 

 

🔴 Este texto é uma das partilhas de Hugo Belchior - mais info em fisioterapeutaempreendedor.pt

Partilhe esta notícia