O nosso website utiliza cookies por forma a melhorar o desempenho do mesmo e a sua experiência como utilizador. Pode consultar a nossa política de cookies AQUI

Formador (a)
Formador (a)

Pedro Alves

Pedro Alves é um fisioterapeuta de Aveiro licenciado em 2007 pela Universidade Fernando Pessoa – Faculdade ciências da saúde (UFP) com Pós-Graduação e Mestrado em Fisioterapia Desportiva pela Faculdade Motricidade Humana (FMH) desde 2009. Sendo a reabilitação desportiva a área de interesse em 2008 fundou em Aveiro juntamente com o fisioterapeuta B...

Conheça-o (a) Melhor
Programa

  • Anatomia e Biomecânica coxofemoral:

   - Função articular, ligamentar e muscular na anca e a sua importância

   - Capacidade de sustentação e a relação da coxofemoral com articulações vizinhas

   - Biomecânica da anca e a sua relação com a marcha e atividades desportivas

 

  • Avaliação e raciocíno clínico sobre a anca: 

   - Avaliação postural: Estática e Dinâmica

   - Avaliação ADM’s: Anca e articulações adjacentes

   - Testes de força muscular

   - Avaliação testes para despiste lesão nervosa

   - Avaliação testes específicos da anca:

- Teste Allis; Teste Trendelenburg; Teste Faber/Patrick; Teste Fadir; Teste Sit Rom

 

  • Lesões Osteo-articulares:
  • Patologia Conflito femoroacetabular:

   - Tipos de CFA e relação comportamental com a anca

   - Desequilíbrios articulares e musculares comuns na patologia

   - Contexto de reabilitação Fisio-Clínico:

- Avaliação e raciocínio de tratamento e recuperação clínica.

   - Contexto de reabilitação Fisio-Desportivo:

- Relação da anca com os gestos desportivos lesionais mais comuns

- Técnicas de reabilitação e trabalho de prevenção do Conflito Femoroacetabular

 

  • Lesões Musculo-Tendinosas:
  • Patologia pubalgia: 

   - Desequilíbrios articulares e musculares comuns na patologia

   - Incidência desta patologia no futebol: A biomecânica do remate e sua importância para a patologia

   - Contexto de reabilitação Fisio-Clínico:

- Avaliação e raciocínio de tratamento e recuperação clínica.

   - Contexto de reabilitação Fisio-Desportivo:

- Relação da anca com os gestos desportivos mais comuns no futebol

- Técnicas de reabilitação e trabalho de prevenção da pubalgia 

 

  • Patologia Síndrome tensor fáscia lata:

   - A biomecânica da corrida e sua importância para a patologia

   - Desequilíbrios articulares e musculares comuns na patologia

   - Contexto de reabilitação Fisio-Clínico:

- Avaliação e raciocínio de tratamento e recuperação clínica.

   - Contexto de reabilitação Fisio-Desportivo:

- Consciencialização e exercícios – Técnica de corrida

- Técnicas de reabilitação e trabalho de prevenção para STF

Objetivos

Objetivo geral:

  • Compreender a relação das disfunções da anca com as atividades desportivas. 
 

Objetivos específicos:

  • Melhorar conhecimento sobre anatomia e biomecânica da anca
  • Relacionar a biomecânica da anca e sua importância com a prática desportiva
  • Compreender as alterações da anca com o desporto que o atleta pratica
  • Novos métodos de avaliação para anca e estruturas adjacentes
  • Métodos de raciocínio clínico e sua relação patologia vs. desporto
  • Métodos de intervenção e tratamento específico
  • Métodos de intervenção em contexto clínico
  • Novas abordagens de recuperação de lesão
  • Planos e métodos de prevenção de lesão com planos físicos específicos
O que inclui a inscrição?
  • 16 horas de formação
  • Material de apoio do curso em formato digital (em Português)
  • Certificado de registo profissional em formato digital (DGERT)
  • Seguro de acidentes pessoais em vigor durante a formação. 
Saiba mais sobre este tema

A anca é uma articulação suscetível a lesão nas atividades desportivas, sobretudo, nos atletas de alta competição. Tanto as suas disfunções articulares como alterações nas estruturas musculoesqueléticas afetam a qualidade de movimento e consequentemente o rendimento para a prática desportiva. Assim, torna-se importante para o fisioterapeuta compreender esta articulação e saber relacioná-la com as atividades desportivas de forma a melhorar raciocínio de avaliação, compreensão da patologia e desenvolver planos de trabalho físico para uma recuperação adequada.

Proporcionar aos desportistas o melhor rendimento físico de forma mais saudável é o verdadeiro desafio para um fisioterapeuta. Assim torna-se fundamental compreender a importância da anca no desporto para se aplicar no terreno métodos e planos de prevenção de lesão como no contexto clínico realizar planos de tratamento e recuperação de forma precisa e eficaz.    

A articulação coxofemoral apresenta uma biomecânica fundamental para o desenrolar da atividade de qualquer desportista. Sendo que alterações nesta estrutura desencadeiam a longo prazo patologias e lesões que, se não forem percecionadas no momento certo, se transformam em lesão com paragem física prolongada.

Sobretudo todos os desportos que impliquem carga (ex. corrida e/ou salto) propiciam lesões estruturais sérias que precisam ser compreendidas pelos profissionais de saúde de forma a promover a melhor funcionalidade e simbiose com as articulações e estruturas adjacentes.

Todo o atleta é sujeito a fenómenos relacionados com over-use, over-training, carga, volume, gestos técnicos que afetam a qualidade de movimento das estruturas articulares. Assim, este curso pretende transmitir todas as ferramentas de raciocínio para compreender como a anca funciona e a sua importância para o atleta, como relacionar e proporcionar ferramentas para atuar em lesões tão comuns como a pubalgia no futebol, conflito femoroacetabular no andebol, síndrome do tensor da fáscia lata nos corredores, etc.

Pretende-se melhorar todo o conhecimento sobre a biomecânica da anca com o desporto, melhorar raciocínio clínico, partilhar novos métodos de avaliação, estratégias de intervenção para recuperação e sobretudo planos e métodos de intervenção física para prevenção destas patologias.  

A articulação coxofemoral apresenta uma biomecânica fundamental para o desenrolar da atividade de qualquer desportista. Um diagnóstico e abordagem eficazes e atempados de uma disfunção são fundamentais para evitar lesões com interrupção prolongada da atividade física ou mesmo limitações no dia a dia de um paciente.


O curso Fisioterapia na Anca: Avaliação e Tratamento vai aumentar o seu conhecimento sobre a relação entre a biomecânica da anca com a atividade física, favorecer o raciocínio clínico, partilhar novos métodos de avaliação, estratégias de intervenção para a reabilitação e métodos de prevenção das disfunções da coxofemoral, em atletas ou não praticantes.


Será capaz de relacionar e selecionar ferramentas para atuar em lesões tão comuns como a pubalgia, conflito femoroacetabular, síndrome do tensor da fáscia lata, entre outras.


Quer saber mais acerca do Tratamento e Prevenção da Pubalgia Crónica? Aceda aqui a um artigo pelo formador, Pedro Alves.

Ler mais

Vou ser melhor com este curso porque:
  • Vou adquirir uma capacidade de raciocínio que me vai permitir recuperar o utente ou atleta em contexto clínico, desenhar planos de trabalho de prevenção de lesões e aumentar a performance e rentabilidade de todo o aparelho musculoesquelético
  • Vou compreender melhor a funcionalidade e biomecânica da anca e como relacioná-las com os gestos desportivos que o atleta desempenha, facilitando a abordagem de cada disfunção
  • Vou conhecer as ferramentas de avaliação mais adequadas, assim como as mais eficazes estratégias de intervenção para ganhos de mobilidade e força, reeducação postural, libertação miofascial, coordenação e lateralidade, entre outros
  • Vou aprofundar o meu conhecimento sobre a articulação coxofemoral, as suas patologias e disfunções, sendo capaz de intervir de forma mais eficaz em qualquer paciente, em contexto clínico ou desportivo
Datas
16 e 17 de novembro de 2019
Exclusivo a
#Fisioterapeuta, #Estudante Finalista
Nº máximo de vagas
30 Vagas
Investimento
Inscrição antecipada Insc. antecipada (até 08-10-2019) 179,00€
Inscrição normalInsc. normal
(até 05-11-2019)
219,00€
Inscrição tardiaInsc. tardia
(até 16-11-2019)
250,00€
Horário, Local, Rating
Nº máximo de vagas
30 Vagas
Horário
09:00 - 13:00
14:00 - 18:00
Carga Horária
16 Horas
Concelho
Porto
Localização
Bwizer.
Idioma
Português
Também lhe pode interessar
Saber mais

A Bwizer nas redes sociais