O nosso website utiliza cookies por forma a melhorar o desempenho do mesmo e a sua experiência como utilizador. Pode consultar a nossa política de cookies AQUI

Formador (a)
Formador (a)

João Martins

João Francisco Martins é osteopata pela Universidade Lusíada de Lisboa desde 2009 e Pós-Graduado em Osteopatia no Desporto pela Academia Espanhola de Osteopatia (2012). Destaca-se o seu gosto pelas áreas da terapia manual, desporto e mesoterapia, patente em diversas formações que realizou.

Ver história e competências
Programa

  • Introdução e revisão do conceito e terminologia assente no/a Ajuste/Manipulação Osteoarticular
  • Conceito de técnicas de alta velocidade e amplitude reduzida (HVLA)
  • Conceito de cavitação / som osteoarticular registado nas técnicas de HVLA
  • Anatomia Palpatória e biomecânica das extremidades
  • Disfunções mais comuns registadas nas extremidades (incluindo no desporto)
  • Red flags no Ajuste/Manipulação Osteoarticular
  • Identificação das estruturas neurovasculares mais sensíveis às técnicas de ajuste
  • estimulação do SNC através da manipulação articular
  • Tratamento de Ajuste/Manipulação para as disfunções mais comuns nas extremidades (incluindo no desporto):
  • Disfunção Articular no ombro e clavícula;

- Úmero Superior/Inferior/Posterior/Rotação ext e int.
- Clavícula em superioridade/inferioridade.

  • Disfunção Cotovelo;

- Extremidade Proximal do Rádio Anterior e Posterior.
- Bloqueio medial e lateral.

  • Disfunção Generalizada do Carpo;

- Extremidade distal do rádio anterior e posterior.
- Correcção geral articular dos ossos do carpo.

  • Disfunção Coxofemoral;

- Fémur em superioridade/inferioridade/Rotação Int e Ext.
- Decoaptação acetabular.

  • Disfunção Joelho;

- Bloqueio medial/lateral (pinçamento meniscal sem lesão estrutural).
- Tíbia/Fémur anterior/posterior.
- Disfunção fibular proximal anterior e posterior.

  • Tarso;

- Tibia anterior/Posterior
- Talus anterior/posterior.
- Cubóide superior/inferior/ Rotação Int/Ext.
- Navicular Superior/Inferior.
- Cuneiformes em disfunção superiodade/inferioridade/Rotação Int e Ext.

  • Lesões mais comuns no desporto que promovem disfunção articular:

Entorse Tibiotársica;
Conflito Femoroacetabular;
- Adaptações secundárias após lesão primária nas diversas estruturas anatómicas comumente afectadas; 
- Bloqueio lateral/Medial do joelho;
Bloqueio umeral em superioridade e Posterioridade;

Objetivos

Objetivo Geral:

  • Saber aplicar com total segurança e eficiência, as diferentes técnicas de manipulação articular nas articulações das extremidades.
 
Objetivos Específicos:
  • Identificar as disfunções apresentadas pelo paciente/atleta
  • Conhecer aprofundadamente as várias técnicas de examinação, avaliação e tratamento das extremidades
  • Estabelecer o tratamento mais adequado a cada caso clínico
  • Aplicar correctamente todos os métodos e técnicas de ajuste/Manipulação Osteoarticular
  • Reconhecer as Red Flags apropriadas a cada estrutura anatómica
  • Deter a destreza necessária para produzir as técnicas manipulativas nas áreas abordadas
  • Intervir de modo preventivo nas lesões secundárias decorrentes das disfunções primárias, principalmente no desporto
O que inclui este curso
  • 8 horas de formação
  • Material de apoio do curso em formato digital (em Português)
  • Certificado de registo profissional em formato digital (DGERT)
  • Seguro de acidentes pessoais em vigor durante a formação
Saiba mais sobre este tema

Como terapeutas manuais, existe uma necessidade para além da compreensão anatómica de superfície e das patologias articulares existentes, a necessidade da correcção ou ajuste directo imediato das articulações periféricas no qual exibem sinais e sintomas diferentes de outras patologias articulares, tendo por base um diagnóstico diferencial em terapia manual.

Essas correcções articulares podem traduzir-se apenas como a reposição natural das articulações de forma a prevenir lesões secundárias e/ou potenciar o processo de autocura e a remissão dos sintomas provocados pela disfunção em questão.

As disfunções articulares são na sua grande maioria facilmente ajustadas na sua posição anatómica normal de forma a evitar a lesão secundária e/ou evitar possíveis adaptações noutras regiões anatómicas por compensação.
Esta técnicas caracterizam-se por suaves impulsos direccionadas ás articulações afectadas de forma a corrigi-las sem dor nem potenciar outros factores passiveis de lesão.

No desporto, as disfunções articulares periféricas são frequentes e necessitam de uma intervenção precoce e eficazNão deixes de ler um artigo científico sobre a manipulação da articulação tibio-peroneal em indivíduos com instabilidade crónica do tornozelo Uma intervenção que pode fazer a diferença entre ter, ou não, uma lesão ou mesmo determinar o tempo de recuperação.


Desta forma, a correção ou ajuste direto imediato das articulações periféricas com sinais e sintomas, torna-se essencial para quem trabalha em contexto desportivo.


Neste curso, com uma carga prática de 65%, irá aprender procedimentos de examinação e avaliação, protocolos de ajuste para os padrões de disfunção e anatomia palpatória nas áreas a intervir - pé, joelho, anca, punho, cotovelo e ombro.

Ler mais

  • Formação Certificada
    DGERT
Vou ser melhor com este curso porque:
  • Vou aprender uma ferramenta de rápida aplicação e resultados imediatos, sobretudo em contexto desportivo;
  • Vou saber aplicar, com segurança, a manipulação articular nas extremidades;
  • Vou aprender as técnicas mais atuais e com melhores resultados para manipulação das extremidades para as lesões mais comuns no desporto.
Datas
1 de fevereiro de 2020
Exclusivo a
#Fisioterapeuta, #Osteopata com Cedula, #Estudante Finalista
Nº máximo de vagas
30 Vagas
Investimento
Inscrição antecipada Insc. antecipada (até 07-01-2020) 99,00€
Inscrição normalInsc. normal
(até 21-01-2020)
129,00€
Inscrição tardiaInsc. tardia
(até 01-02-2020)
160,00€
Horário, Local, Rating
Nº máximo de vagas
30 Vagas
Horário
09:00 - 13:00
14:00 - 18:00
Carga Horária
8 horas
Concelho
Lisboa
Idioma
Português
Avaliação
9
38 alunos recomendam este curso em 9
Também lhe pode interessar
Saber mais

A Bwizer nas redes sociais