O nosso website utiliza cookies por forma a melhorar o desempenho do mesmo e a sua experiência como utilizador. Pode consultar a nossa política de cookies AQUI

Dicas para o Sucesso Profissional

Registo
Voltar à listagem

A Massagem Transversal Profunda (MTP) funciona?

Recentemente, um amigo dizia que tinha visto um artigo que colocava em causa a utilização da Maasagem Transversal Profunda (MTP) afirmando que esta não teria qualquer efeito e que por essa razão, não fazia grande sentido continuar a ensinar nas Escolas. Aquela afirmação era séria e por isso fui tentar perceber o que dizia a literatura. Comecemos por contextualizar o conceito.

A MTP ficou popularizada por James Cyriax (ainda nos anos 30) e será ainda, estou convencido, um dos primeiros tratamentos que temos em conta quando se fala em patologias do tendão. Segundo Cyriax, os seus efeitos estão relacionados com a hiperémia causada de forma traumática e aumento da circulação sanguínea no tecido, eliminação de aderências e estímulo dos mecanorrecetores.

Note-se que quando Cyriax definiu estes efeitos, ainda se acreditava que uma tendinopatia estava relacionada com uma inflamação aguda. Sabe-se há algum tempo que os níveis inflamatórios presentes num tendão lesado por sobreuso são muito baixos ou encontram-se mesmo ausentes e daí ter caído em desuso o termo tendinite e ter-se optado pela nomenclatura tendinopatia.

 

Para continuar a ler este artigo, submeta o formulário abaixo.

A Massagem Transversal Profunda (MTP) funciona?

Partilhe esta notícia

A Bwizer nas redes sociais