Estrutura de uma aula de Cross Training - vídeo exclusivo com o coach Artur Sayal

O Cross Training assenta em 5 princípios fundamentais, os quais estão também na origem do sucesso desta metodologia de treino:

  • Exercícios de alta intensidade: o treino é composto por exercícios explosivos com cargas tendencialemnte elevadas;
  • Intervalos curtos: as pausas entre os exercícios de alta intensidade são curtas, o que eleva a queima de gordura tanto durante como após o treino, maximizando a perda de peso/massa gorda.
  • Movimentos Funcionais: são realizados diferentes movimentos funcionais com diferentes intensidades, para que o corpo seja desafiado a cada sessão de exercícios - desta forma, garantimos sempre o princípio da sobrecarga e evitamos o efeito de "acomodação".
  • Exercícios globais: todo o corpo é trabalhado como um todo - desta forma, para além de aumentar a queima calórica e de massa gorda, estimulamos o ganho de massa muscular.
  • Treinos de curta duração: as sessões curtas de treino intenso estimulam a libertação de GH (hormona de crescimento) e testosterona, hormonas que contribuem para o ganho de massa muscular e queima de gordura, além de reduzirem a produção de cortisol – hormona que provoca a acumulação de gordura, prejudicial ao emagrecimento.

A singularidade do Cross Training está também expressa na estrutura das suas aulas. Assiste agora a este vídeo onde o coach Artur Sayal nos explica os princípios base da estrutura de uma aula de Cross Training. 

  • Warm up
  • Fase fundamental*: Skill ou Strength
  • WOD (workout of the day)

*Muito importante para garantir uma maior intensidade no WOD

Partilhe esta notícia