Um professor de educação física marcante | Líderes do Fitness por Hugo Belchior

Olá,

8º ano, primeira aula de educação física. Era numa sala. Uma balbúrdia total na hora de entrar na sala e de nos sentarmos.

O professor, a primeira vez que qualquer um de nós o via, era (agora percebo) um jovem. Alto e magro e com uma maça-de-Adão tão proeminente que nos levou a apelidá-lo de Capitão Caroço.

Nem um sorriso. Cara muito dura. Sentou-se e não abriu a boca. Os ânimos foram serenando e ele, por fim, sem levantar a voz diz: “esta entrada na sala de aula é inadmissível e, portanto, vão todos sair e voltar a entrar com modos”.

Falou num tom tão seguro que se percebeu que não estava a brincar. Engoli em seco, tenso com a tensão que se começou a sentir no ar.

Sem um pio, toda a turma saiu e voltou a entrar, educadamente.

Ao longo do ano o professor revelou ser um excelente professor – o melhor professor de Educação Física que tive na minha vida – os alunos adoravam-no e conseguia fazer-nos aprender enquanto puxava por nós e nos divertíamos.

Tenho pena de não me lembrar do seu nome mas era alguém que juntava autoridade natural com muito trabalho e gosto pelo que fazia. As aulas não eram dadas à toa; tinha método e objetivos. Numa palavra: era competente!

Um professor pode marcar-nos brutalmente. Positiva ou negativamente.

Nós, na Bwizer, existimos para que cada pessoa que nos procura possa ser um pouco melhor. Que possa evoluir. Evoluir sempre. É por isso que o nosso lema é “Your Evolution”.

 

Seja professor ou não, permita-me que lhe deixe um abraço de incentivo para que, a cada dia, possa marcar alguém de forma tão positiva como o Capitão Caroço me marcou.


PS1. Aqui vai encontrar um grupo de pessoas que, não duvido, já marcaram a vida de milhares de alunos. E eu, fico muito satisfeito que estejam a colaborar connosco.

 

🔴 Este texto é uma das partilhas de Hugo Belchior - mais info em lideresdofitness.pt

Partilhe esta notícia