O nosso website utiliza cookies por forma a melhorar o desempenho do mesmo e a sua experiência como utilizador. Pode consultar a nossa política de cookies AQUI

Terapias Miofasciais

Todas as edições:

Formador (a)
Formador (a)

Alexandre Novais

Alexandre Novais é Fisioterapeuta. Tem Pós-Graduação em Terapias Miofasciais 1º e 2º Nível realizado pelo Instituto Europeu de Ensino Superior, em Osteoetiopatia pela ATMS e também em Hidroterapia, ministrada por Johan Lambeck e Urs Gamper.

Ver história e competências
Programa

  • Bases do sistema miofascial

- Anatomofisiologia
- Biomecânica
- Traumatismos
- Tipos de fáscia: superficial, profunda, visceral e sistema nervoso
- Propriedades da fáscia: Tensegridade, Piezoeletricidade, Tixotropismo

  • Avaliação do Síndrome de Disfunção Miofascial

- Definição de Síndrome Miofascial
- Avaliação passiva (sinais de alarme)
- Avaliação ativa (global e segmentar)

  • Indicações e contraindicações das Terapias Miofasciais
  • Análise, discussão e partilha de casos clínicos
  • Tratamento do Síndrome de Disfunção Miofascial
  • Técnicas miofasciais

- Superficiais: deslizamento em J, deslizamento transverso e deslizamento longitudinal
- Profundas: mãos cruzadas, planos transversos e técnica telescópica

  • Avaliação e 99 técnicas de tratamento

- Região Lombopélvica (25 técnicas)
- Região Dorsal (11 técnicas)
- Região Cervical (13 técnicas)
- Complexo Articular do Ombro (14 técnicas)
- Membro superior (14 técnicas)
- Membro inferior (22 técnicas)

  • Terapia Sacrocraneana - avaliação e 16 técnicas de tratamento das restrições miofasciais

- Sistema sacrocraneano
- Membranas cranianas
- Foice do cérebro
- Tenda do cerebelo
- Foice do cerebelo
- Tenda da hipófise
- Ritmo sacrocraneano (2 técnicas)
- Ponto de quietude (1 técnica)
- Restrições do frontal (2 técnicas)
- Restrições dos parietais (1 técnica)
- Restrições do esfenoide (5 técnicas)
- Restrições dos temporais (2 técnicas)
- Restrições da ATM (1 técnicas)
- Balanço da dura-máter (2 técnicas)

Objetivos

Objetivo Geral:

  • Conhecer a fáscia enquanto elemento essencial do corpo, bem como ser capazes de avaliar e intervir num indivíduo tendo por base as terapias miofasciais.

Objetivos Específicos:

  • Conhecer a anatomia e fisiologia da fáscia;
  • Compreender o papel da fáscia no corpo;
  • Avaliar as disfunções fasciais;
  • Compreender a relação das disfunções fasciais, com outros sinais e sintomas apresentados pelos pacientes;
  • Ser capaz de estabelecer um raciocínio clínico fundamentado e orientado com base nas terapias miofasciais;
  • Aprender e saber aplicar diferentes técnicas miofasciais;
  • Ser capaz de selecionar as técnicas miofasciais mais adequadas;
  • Ser capaz de utilizar as técnicas miofasciais em simbiose com as restantes ferramentas terapêuticas da fisioterapia;
  • Realizar o tratamento de uma patologia com técnicas miofasciais, tendo por base um raciocínio clinico adequado.
O que inclui este curso?
  • 32 horas de formação
  • Material de apoio ao Curso em formato digital (em Português)
  • Certificado de registo profissional em formato digital (DGERT)
  • Seguro de acidentes pessoais em vigor durante o curso
Saiba mais sobre este tema

A fáscia é formada por tecido conjuntivo que se organiza e interliga tão densamente, que se pode comparar a uma teia de aranha ou de uma camisola de malha, permitindo, desta forma, a conexão entre todas as estruturas do corpo. Envolve cada músculo, osso, nervo, artéria e veia, assim como todos os nossos órgãos internos incluindo o cérebro e a medula óssea, sendo essencial para a interligação e funcionalidade entre todas estas estruturas.

É um sistema altamente especializado que está presente em todo o corpo. Desta forma, qualquer perturbação na sua função ou estrutura pode criar alterações na tensão miofascial, podendo originar sinais e sintomas que, na sua maioria, não são detetáveis nos exames complementares de diagnóstico, nem numa avaliação “standard” musculosquelética.

De facto, a abordagem miofascial pressupõe uma leitura e avaliação mais global e detalhada do individuo de forma a determinar-se o diagnóstico de modo preciso e objetivo. Saber qual verdadeira origem é essencial, pois só assim é possível estruturar o plano de intervenção e selecionar as técnicas mais adequadas.

As terapias miofasciais, quer por serem suaves e bem toleradas, quer pela sua enorme eficácia na intervenção em patologias e disfunções músculoesqueléticas, neurológicas, viscerais e emocionais tem levado a uma crescente procura desta técnica por parte dos pacientes.

Neste sentido e acompanhando esta tendência, cada vez mais profissionais de saúde procuram saber mais e diferenciarem-se nesta área, reconhecida como uma abordagem que verdadeiramente faz a diferença, possibilitando em determinados casos atingir melhores resultados e mais rápidos.

Descubra mais artigos sobre a importância e a aplicabilidade destas técnicas revolucionadoras no Bwizer Academy e tenha acesso a um e-book gratuito sobre a técnica miofascial de deslizamento em J, e a um infográfico sobre as técnicas miofasciais.

Testemunhos dos alunos

Em “Terapias Miofasciais” irá desenvolver a sua competência de avaliação e tratamento através de técnicas miofasciaissuperficiais (aprenda já a executar a técnica superficial Deslizamento em J descarregando este e-book) e profundas, ao mesmo tempo que descobre a razão pela qual alguns dos tratamentos que já realizou podem não ter atingido a sua total eficácia.


Sabia que ass técnicas miofasciais têm na sua génese uma abordagem global e integrada através da estimulação do tecido conjuntivo que suporta os vários sistemas corporais, a fáscia?  São técnicas extremamente suaves, muito bem toleradas pelos indivíduos e que visam o equilíbrio das tensões miofasciaisdiminuindo a dor e restabelecendo o equilíbrio postural global e seletivo de umas estruturas em relação às outras.


A utilização de Terapias Miofasciais no plano de intervenção tem uma ação eficaz na redução da sintomatologia através da causa em variadas patologias e disfunções miofasciais, desde músculo-esqueléticas, neurológicas, viscerais e emocionais.

Ler mais

  • Formação Certificada
    DGERT
Vou ser melhor com este curso porque:
  • Vou compreender o papel da fáscia, um elemento chave na intervenção do fisioterapeuta;
  • Vou adquirir noções e saberei aplicar técnicas miofasciais que podem complementar os recursos que já utilizo no meu tratamento, elevando assim o seu grau de eficácia;
  • Vou desenvolver a capacidade de raciocínio clínico, tendo por base uma visão global do individuo;
  • Vou aprender com o fisioterapeuta Alexandre Novais, um apaixonado pela fáscia e incansável pelo conhecimento;
  • Vou fazer parte do grupo de centenas de Fisioterapeutas que elevou os seus resultados clínicos a um patamar superior tirando partido de uma intervenção diferenciada na fáscia.
Exclusivo a
#Fisioterapeuta, #Estudante Finalista
Horário, Local, Rating
Carga Horária
32 horas
Idioma
Português
Avaliação
9.3
781 alunos recomendam este curso em 9.3
Também lhe pode interessar
Saber mais

A Bwizer nas redes sociais