Wearables: moda ou realidade no fitness e saúde?

Os wearables têm vindo a ocupar um lugar de destaque no mundo do exercício e saúde. Há uns anos a grande novidade era o rastreamento de passos e depois, e que à medida que a tecnologia, nomeadamente, os sensores de movimento nos smartphones melhoraram, apareceram as aplicações para contagem de passos seguidas de coisas bem mais sofisticadas, como a monitorização da frequência cardíaca, respiratória e medição do suor.

Todas estas novidades causaram muito buzz mas a sua aplicabilidade prática era "reduzida", pois após a recolha dos dados estes eram compilados em gráficos, que apesar de visulamente apelativos, careciam que sugestões de ações concretas para quem usava estes dispositivos.

Mas o paradigma mudou. Hoje há uma nova geração de wearables que, com base nos dados recolhidos, nos ajudam por exemplo a gerir o nosso esforço tendo em conta a nosso condição física e objetivo com aquele treino, assim como nos sugerem o próximo exercício.

Ora, sendo esta uma realidade e não uma suposição do que será o futuro, resta aos profissionais de saúde e exercício aceitar este desafio e perceber como a poderão incluir no seu trabalho diário.

 

Fonte: The Next Frontier of Fitness Gadgets Is Here, and I Tested All of Them

Partilhe esta notícia