O que é a Fisioterapia: definição, áreas de atuação e estatuto legal

O que é a Fisioterapia e o que é um Fisioterapeuta?

Segundo a Confederação Mundial da Fisioterapia (WCPT), a "Fisioterapia é um serviço prestado por fisioterapeutas a indivíduos e populações para desenvolver, manter e restaurar o máximo movimento e capacidade funcional durante toda a vida útil. O serviço é prestado em circunstâncias em que movimento e função estão ameaçados pelo envelhecimento, lesão, dor, doenças, distúrbios, condições ou fatores ambientais e com o entendimento de que o movimento funcional é central para o que significa ser saudável.

A Fisioterapia envolve a interação entre o fisioterapeuta, pacientes/ clientes, outros profissionais de saúde, famílias, prestadores de cuidados e comunidades; num processo em que o potencial de movimento é examinado/ avaliado e as metas são acordadas, usando conhecimentos e habilidades exclusivas dos fisioterapeutas.

Com efeito, os fisioterapeutas estão preocupados em identificar e maximizar a qualidade de vida e o potencial de movimento nas esferas de promoção, prevenção, tratamento/ intervenção, habilitação e reabilitação. Essas esferas abrangem o bem-estar físico, psicológico, emocional e social.

Faz parte das competências dos  fisioterapeutas o seguinte:

  • realizar um exame/ avaliação abrangente do paciente/ cliente ou das necessidades de um grupo de clientes
  • avaliar as descobertas do exame/ avaliação para fazer julgamentos clínicos sobre pacientes/ clientes
  • formular um diagnóstico, prognóstico e plano
  • fornecer consultoria dentro de seus conhecimentos e determinar quando os pacientes/ clientes precisam ser encaminhados para outro profissional
  • implementar um programa de intervenção/ tratamento de Fisioterapia
  • determinar os resultados de quaisquer intervenções/ tratamentos
  • fazer recomendações para autogestão"

 

O que é a Fisioterapia: definição, áreas de atuação e estatuto legal

Áreas de atuação do Fisioterapeuta

De acordo com a Confederação Mundial da Fisioterapia (WCPT), o "fisioterapeuta, para além dos conhecimentos e competências base que a Licenciatura lhe confere, pode realizar formação avançada para adquirir conhecimentos e competências próprias e especializadas para prestar cuidados junto de populações específicas:

  • Cardiorrespiratória
  • Cuidados Continuados e Cuidados Paliativos
  • Cuidados de Saúde Hospitalar
  • Cuidados de Saúde Primários
  • Dermatofuncional
  • Desporto
  • Envelhecimento
  • Fisioterapia Aquática
  • Fisioterapia na Saúde dos Animais
  • Músculo-Esquelética
  • Neurologia
  • Pediatria
  • Pessoas com Amputação
  • Saúde da Mulher
  • Saúde Mental"


Estatuto Legal da Fisioterapia

De acordo com o website da APFIO, a "Fisioterapia é uma profissão da saúde que se estrutura a partir das ciências da saúde, ciências sociais, humanas, da comunicação, da educação e do comportamento. Das ciências da saúde recorre em especial à anatomia, fisiologia, bioquímica, fisiopatologia, fisiologia do exercício, física, cinesiologia (estudo do movimento), para o estudo das funções e disfunções dos órgãos e sistemas que afetam o  movimento e a funcionalidade humana e para suportar as intervenções terapêuticas baseadas no movimento, no exercício físico, nos agentes físicos e na eletroterapia, entre outros. [...]"

 

Consulte o esclarecimento da APFISIO sobre a Autonomia profissional do Fisioterapeuta aqui.

Partilhe esta notícia