O nosso website utiliza cookies por forma a melhorar o desempenho do mesmo e a sua experiência como utilizador. Pode consultar a nossa política de cookies AQUI

Dicas para o Sucesso Profissional

Registo
Voltar à listagem

Pilates na terceira idade | Por Francisca de Lourenço Gomes (Bwizer Magazine)

Este artigo fez parte do Número 8 da Bwizer Magazine – pode vê-la na íntegra aqui.

 

Numa população cada vez mais envelhecida, o método de Pilates tem conquistado mais adeptos, ao apresentar-se como uma modalidade com benefícios para várias populações e, em particular, para a terceira idade, uma vez que os idosos necessitam de ser estimulados para a atividade física e para o reconhecimento das alterações corporais e mentais que possam surgir. Estes são os primeiros passos para o chamado envelhecimento saudável.


Envelhecimento

Portugal é dos países mais envelhecidos da Europa. Entre os seus 10,3 milhões de habitantes, 21,3% têm 65 ou mais anos de idade. A Fundação Francisco Manuel dos Santos e a Pordata divulgaram um estudo onde se mostra que a população portuguesa quase estagnou nos últimos 30 anos, mas que está cada vez mais envelhecida.

O envelhecimento saudável é mais do que apenas a ausência de doença. Para a maioria dos adultos com mais de 65 anos, a manutenção da capacidade funcional é o mais importante, e a sociedade deve desmitificar a ideia de que ‘ser idoso é ser velho’, pois muitas vezes a idade avançada não implica dependência.

Envelhecer é um fenómeno do processo da vida, assim como a infância, a adolescência e a maturidade, e é marcado por mudanças biopsicossociais específicas, associadas à passagem do tempo. No entanto, este fenómeno varia de indivíduo para indivíduo, podendo ser determinado geneticamente ou ser influenciado pelo estilo de vida, pelas características do meio ambiente e pela situação nutricional de cada um.

O aumento da esperança média de vida está geralmente associado ao aparecimento de doenças crónicas, processos degenerativos, disfunções músculo-esqueléticas, doenças cerebrovasculares e cardíacas, podendo também estar ligado ao aumento dos custos de saúde e ao maior risco de institucionalização e dependência do idoso.

Por esta razão, existe cada vez mais a preocupação de ajudar os nossos idosos a encararem o seu envelhecimento de forma saudável e ativa, atuando tanto no campo mental, como físico.

Um fator importante para a promoção do envelhecimento saudável é a atividade, termo que inclui práticas de exercícios físicos e mentais, individuais e/ou coletivos. Com efeito, a promoção de um estilo de vida mais ativo na terceira idade, tem sido utilizada como estratégia para potenciar a melhoria da saúde e qualidade de vida.


Pilates

A prática do Pilates surge como uma nova forma de realizar exercício físico durante o envelhecimento, apresentando-se como uma abordagem que cria uma interação entre a mente e o corpo, em busca de uma maior consciência corporal e de uma postura mais equilibrada.

“Uma boa condição física é o primeiro requisito para ser feliz”, esta frase de Joseph Hubertus Pilates pode resumir perfeitamente a filosofia do método que ele criou. Este método baseia-se num conjunto de princípios, sendo alguns dos mais importantes a respiração, o centro, a concentração e o movimento fluido. [...]

 

Para continuar a ler o artigo, submeta o formulário abaixo.

Pilates na terceira idade | Por Francisca de Lourenço Gomes (Bwizer Magazine)

 

Este artigo fez parte do Número 8 da Bwizer Magazine – pode vê-la na íntegra aqui.

Partilhe esta notícia

A Bwizer nas redes sociais