SGA: Quando, como, com quem e para quem?

SGA: Quando, como, com quem e para quem?

Stretching Global Activo (SGA), permite restabelecer a força, o comprimento e a flexibilidade aos grupos musculares enrijecidos pela prática desportiva. A globalidade dos estiramentos, o trabalho respiratório, a contracção contra resistência dos músculos estirados, e o stretching dos músculos espinhais, fazem a originalidade do SGA e conferem-lhe uma eficácia incomparável” (Philippe Souchard)


Quando?

De forma simplista – sempre que estivermos na presença de rigidez e encurtamento muscular. É por isso um método que tem uma larga aplicabilidade – desde as lesões músculo-esqueléticas relacionadas com o trabalho (LMERT), até ao desporto de alta competição.

Quando o objetivo é apenas a manutenção de uma condição física flexivel e um correto desempenho biomecânico, uma sessão de SGA semanal será suficiente para atingir os objetivos. Por outro lado, quando falamos de profissionais que utilizam o seu corpo como ferramenta de trabalho, o SGA deve ser proporcional ao tempo de atividade física realizada – pois quanto mais tempo dedicado ao SGA, maior  o rendimento.

SGA: Quando, como, com quem e para quem?

Como?

O SGA é uma metodologia que requer pouco ou nenhum material. Um espaço vazio com uma simples parede lisa e um simples colchão de solo são suficientes.

As 8 posturas básicas do SGA são realizadas na posição de deitado, sentado ou de pé e cada uma tem um protocolo a seguir:

  1. posicionamento e respiração
  2. progressão da postura
  3. finalização da postura
  4. relaxamento final

Cada uma delas é baseada nas quatro famílias de posturas do RPG e cada uma delas segue indicações específicas segundo a necessidade de cada pessoa. O que nos leva à próxima questão...

 

Com quem?

O SGA pode ser realizado de forma individual ou em grupo, com instrutor ou mesmo de forma autónoma. No entanto, é necessário uma aprendizagem bem orientada por um instrutor de SGA.

É um método que pretende dar total autonomia a quem o realiza: recordamos que pode ser praticado em qualquer lugar e sem recurso a materiais complexos!

 

Para quem?

  • Preparação para o treino
  • Recuperação do treino
  • Recuperação de lesões ou traumatismos existentes
  • Prevenção de lesões.

Partilhe esta notícia