Técnica de libertação dos sub-occipitais - Terapia Sacro-Craniana

sistema craniossacral é um sistema fisiológico do qual fazem parte as membranas cranianas, as meninges e o líquido cefalorraquidiano, que envolve e protege o cérebro e a medula espinal. Este sistema mantém uma relação entre o sacro e o crânio através do canal dural e está exposto a tensões anormais que podem causar alterações em várias partes do corpo. Assim, qualquer alteração ou disfunção neste sistema pode alterar o funcionamento de todo o sistema nervoso, desde alterações hormonais a alterações dos neurotransmissores e a outras substâncias bioquímicas.

As terapias sacro-cranianas têm em vista a correção dessas disfunções, através de técnicas suaves, bem toleradas pelos pacientes e que exigem do profissional de saúde sensibilidade e capacidade para interpretar as respostas corporais. Ao dissipar os efeitos sobre o sistema nervoso central, facilitam o processo de recuperação do próprio sistema de auto-regulação, permitindo que este se auto-corrija onde é necessário.

Técnica de libertação dos sub-occipitais - Terapia Sacro-Cranina

Por tudo isto, estas terapia são um recurso de exclência para a prevenção e tratamento de várias disfunções, apresentado-se também como uma excelente opção como técnica prepartória para outras intervenções. Um exemplo desta diversidadde de indicações é a técnica de libertação dos sub-occipitais - se queres aprender a executar esta técnica vê este tutorial passo a passo em vídeo.

Partilhe esta notícia