Será a perceção de equilíbrio um preditor da marcha independente no pós-AVC?

Segundo o estudo “Fast Gait Speed and self-perceived balance as valid predictors and discriminators of independent community walking at 6 months post-stroke – a preliminary study” (Rosa M., Marques A., Demain S., Metcanf C.), a perceção de equilíbrio, a par da marcha rápida, podem ser preditores do potencial de um paciente pós AVC se tornar um Independent Community Walker (ICW) 6 meses após o AVC.

Este estudo encontrou uma relação com 80% de precisão, entre os resultados obtidos no "5 minute Walk Test" e a escala “Falls Efficacy Scale” de Tinetti no pós-AVC com menos de 3 meses e a evolução positiva para a marcha independente na comunidade após 6 meses.

Os autores classificaram estes dois testes como testes baratos e de fácil aplicação para serem incluídos na rotina de avaliação e determinação do plano de tratamento para além de focarem a necessidade de incluir um trabalho específico para melhoria do equilíbrio, aumento da velocidade da marcha e diminuição do medo de cair no sentido de melhorar a independência pós-AVC.

Será a perceção de equilíbrio um preditor da marcha independente no pós-AVC?

Para conhecer, em maior detalhe, o estudo e saber quais os valores de referência, leia o artigo completo - basta deixar-nos os seus dados abaixo.

 

Partilhe esta notícia