O nosso website utiliza cookies por forma a melhorar o desempenho do mesmo e a sua experiência como utilizador. Pode consultar a nossa política de cookies AQUI

Dicas para o Sucesso Profissional

Ebook gratuito
Voltar à listagem

Strength and Conditioning Specialist for fitness | Por equipa de SCS (Bwizer Magazine)

Este artigo fez parte do Número 9 da Bwizer Magazine – pode vê-la na íntegra aqui.

 

A ideia do Strength and Conditioning Specialist (SCS) está amplamente difundida no contexto desportivo, nomeadamente quando se fala de performance. Contudo, quer a capacidade motora força, quer a condição física, não são exclusivas das atividades físicas desportivas, elas estão presentes em todos as atividades do dia a dia em que o movimento humano intervém. Desta forma, pensamos que a ideia de SCS deve ser alargada ao fitness. Ora, devemos referir que para nós o fitness é a procura da saúde pela prática do exercício físico, embora muitos associam esse conceito somente a wellness.

Tendo em conta o anteriormente referido, a nossa ideia do SCS for fitness é a prática de exercício físico em contexto de atividades de academia, quer o objetivo seja a promoção da saúde, ou a performance desportiva. Entendemos como saúde, não só a ausência de doença, mas sim um estado completo de bem-estar físico, mental e social, como propõe a Organização Mundial de Saúde (OMS). Podemos acrescentar, a esse conceito, que este deve ser um estado razoável de harmonia entre o sujeito e a sua própria realidade. Em relação ao Desporto, entendemos este como cultura, espetáculo e arte que pode promover entre outros aspetos a saúde, embora não seja esse o seu principal objetivo.

Desta forma, o SCS for fitness deve ser capaz de criar práticas de exercício físico nesses conceitos (desporto e saúde) que sejam: i) seguras e sensatas, dentro do contexto em que o seu utente/atleta está inserido; ii) motivadoras, pois só se for praticado regularmente é que o exercício físico tem efeito na performance e pode ser considerado um meio de promoção da saúde; e iv) eficazes.

Para criar essas práticas, o especialista em SCS for fitness, deve começar por avaliar o estado inicial do utente/atleta que o procura. Para avaliar o SCS for fitness deve conhecer os pressupostos avaliativos de objetividade, validade e fiabilidade. Igualmente, deve aplicar os testes que forneçam as informações realmente úteis na prescrição do processo de treino e não “encher” o utente/atleta com testes desnecessários.

Assim, antes de iniciar um processo de treino, o SCS for fitness deve investir o seu tempo em retirar o máximo de informação útil dos momentos avaliativos. Contudo, o seu tempo é limitado, pelo que terá de adotar estratégias que permitam avaliar de forma rápida e precisa, para ir de encontro às premissas necessárias para criar uma experiência de prática de exercício físico suficientemente personalizada. Deve-se igualmente referir, que os processos avaliativos devem ser constantes e não somente em pontos específicos do processo de treino. Desta forma, durante a execução dos exercícios, a resposta do atleta/utente aos mesmos e a forma como mantém a técnica de execução solicitada, deve ser constantemente avaliada.

 

Para continuar a ler este artigo sobre strength and conditioning, submeta o formulário abaixo.

Strength and Conditioning Specialist for fitness | Por equipa de SCS (Bwizer Magazine)

 

 

Este artigo fez parte do Número 9 da Bwizer Magazine – pode vê-la na íntegra aqui.

Partilhe esta notícia

A Bwizer nas redes sociais