Ponto de partida vs. ponto de chegada | por Hugo Belchior

Quando lancei o livro “Como ser um Fisioterapeuta Empreendedor”, não podia imaginar que iria escrever um email semanal para o grupo de pessoas que se regista no site fisioterapeutaempreendedor.pt e que, desse email, ia receber tanto feedback, tão interessante e que me faria pensar tanto.

São quase 3.000 pessoas que recebem esse meu email, a taxa de abertura dos emails é muito alta e o número de pessoas que interage diretamente, respondendo ao email, é surpreendente.

Ponto de partida vs. ponto de chegada | por Hugo Belchior - bwizer academy

Digo-lhe isto para mostrar como, às vezes, coisas que fazemos com um determinado fim, ganha uma outra dimensão nunca imaginada. O importante é começar, mesmo sem sabermos muito bem qual será o ponto de chegada. Aliás, só controlamos o ponto de partida; o ponto de chegada nunca sabemos qual será. E essa é, no fundo, a beleza das coisas.

Se quiser entrar nessa comunidade muito especial, basta ir a www.fisioterapeutaempreendedor.pt e deixa o seu email.

Por falar em pontos de partida, hoje falo-lhe de um outro. De um novo projeto meu, também centrado no Empreendedorismo mas já não focado na fisioterapia. Trata-se do Empreendedores.pt, um projeto através do qual procuro dar a conhecer histórias interessantes e pessoas extraordinárias, promovendo assim a atitude empreendedora. Para além de entrevistas vídeo, o projeto inclui um Podcast, um formato de que gosto cada vez mais.

Convido-o a ir a empreendedores.pt e a deixar o seu email. Consigo, quero ir construindo pontos de chegada ousados e inesperados. Conto consigo!

Partilhe esta notícia