Um aspecto diferenciador. Muito diferenciador. | Como ser um Fisioterapeuta Empreendedor por Hugo Belchior

Olá,

Há uns tempos, de forma repentina, fiquei com uma terrível lombalgia. Vi que precisaria de fisioterapia e decidi marcar na Fisiovida.

Como paciente, já conheci vários fisioterapeutas e várias clinicas - faz parte de uma espécie de trabalho de campo conhecer realidades diferentes – e sabia que a Fisiovida é um projeto já bem estruturado e com alguns aspetos que a diferenciam da maior parte da concorrência direta, nomeadamente na sua dimensão, número de profissionais e tipologia de serviços.

Já tinha também intuído que tinham um serviço ao cliente diferente, pelo que fui com atenção redobrada a este aspeto.

Eis algumas coisas que constatei, que revelam que o serviço ao cliente é um aspeto fundamental da missão da Fisiovida e uma preocupação de sempre do seu fundador, o Samuel Ferreira:

  1. Recebe um sms um dia antes da consulta, recordando a data e hora e solicitando desmarcação atempada em caso de impossibilidade de comparecer;
  2. Antes da primeira consulta, tipicamente, o cliente é informado sobre um conjunto de aspetos úteis, nomeadamente sobre “como chegar” e “onde estacionar”. Acredite, é muito útil;
  3. Na receção somos tratados com muito profissionalismo, informando-nos de vários detalhes administrativos e operacionais, nomeadamente sobre o procedimento de eventual reembolso e política de privacidade de dados;
  4. A fatura é emitida imediatamente no fim da sessão e, se o cliente desejar, é enviada logo por email;
  5. As sessões não atrasam (pelo menos, não me aconteceu) e duram o tempo previsto;
  6. Os diferentes profissionais comunicam adequadamente pelo que, se for tratado por mais do que uma pessoa, verá que o “novo” fisioterapeuta está perfeitamente inteirado daquilo que se passou nas sessões anteriores.

Podia continuar a partilhar mais alguns detalhes mas não vale a pena porque pode escutar tudo da boca do Samuel Ferreira, fundador deste projeto que já fez 10 anos.

Nesta entrevista exploramos o serviço ao cliente da Fisiovida, falamos sobre o seu processo de recrutamento e seleção, abordamos o momento que se vive na fisioterapia, falamos de gestão e de negócio, falamos de como tudo começou e como o Samuel foi aprendendo a ser gestor e empresário, ficamos a conhecer alguns números concretos da Fisiovida e mais, muito mais.

Qualquer pessoa que tenha ou queira ter um negócio em fisioterapia, tem que ver esta entrevista. Aqueles que não tenham essa pretensão, ainda assim, poderão também beneficiar muito com as dicas e reflexões do Samuel nesta verdadeira Masterclass!

Ah, só mais uma coisa: uma vez estava na receção da Fisiovida à espera de entrar e apercebi-me de um telefonema de um potencial cliente. Quem atendeu foi uma das rececionistas e, meus amigos, posso dizer que aquele atendimento revelou formação interna cuidada, alinhamento com a forma de trabalhar e a missão da empresa e foco no cliente. Foi um momento particularmente inspirador para alguém que, como eu, gosta deste tipo de coisas.

Pode ver-me falar com o Samuel Ferreira sobre este aspeto em concreto, durante a entrevista.

 

Parabéns à Fisiovida e ao Samuel Ferreira.

 

 

🔴 Este texto é uma das partilhas de Hugo Belchior - mais info em fisioterapeutaempreendedor.pt

Partilhe esta notícia